domingo, 27 de fevereiro de 2011

ROTEIRO - CACHOEIRA DE CEDRO

Saudações Ecoturisticas!!

               Hoje irei falar um pouco sobre a maravilhosa Cachoeira de Cedro que poucos conhecem. Mas aí você me pergunta, "mas Cedro não é em Juquiá?"  e eu te responto "é sim", porém, o Rio do Cedro, o mesmo que forma essa cachoeira,  que é um afluente do Rio Juquiá, foi uma forma natural de delimitar os dois municípios, ou seja, um lado do rio é Miracatu e o outro lado é Juquiá.



               Essa Cachoeira se destaca pelo seu acesso relativamente fácil, sendo a maior parte dele pela BR-116. Ao sair da BR são mais 2 km de estrada de terra até onde o carro pode ir. Na parte a pé, em sua primeira etapa o nivel de dificuldade é 1, que é para iniciantes, nessa etapa o visitante tem a sua disposição uma pequena trilha ecológica que toma entre 10 a 20 minutos do seu passeio chegando em um local com uma pequena cachoeira e uma espetacular piscina natural que lhe permite nadar e saltar de rochas, pois tem uma boa profundidade.

               Mas não é só isso, além desse trecho, seguindo rio acima, se descobre cachoeiras de 5 a 40 metros de altura, no entanto, o nível de dificuldade já sobe para 2 e 3 que é para iniciados e praticantes.

Alguns dados técnicos
  • Nivel de Dificuldade: 1, 2 e 3
  • Percurso motorizado 15 minutos
  • Percurso a pé: 10 a 20 minutos para a primeira parte e 30 minutos a 2 horas para o restante.
  • Duração total do passeio: 3 a 5 horas
  • Atividades: Trilha ecológica, trilha molhada, banho, salto, escalada molhada e observação de fauna e flora
O que Levar?
  • Vestimentas: Roupa leve, tênis confortável, boné ou chapeu;
  • Mochila: Água, lanche, roupas para troca (para quem não gosta de andar molhado), repelente, protetor solar e saco de lixo;
  • Opcionais: Câmera fotográfica ou filmadora.
O que NÃO trazer do passeio?
  • Plantas: flores, cipós e sementes;
  • Animais: insetos, peixes, aracnideos, serpentes (vivos ou mortos);
  • Objetos: pedras, madeiras.
O que trazer do passeio?
  • Todo lixo;
  • Muitas fotos ou vídeos;
  • Lembranças boas e divertidas;
  • E vontade de voltar.
 É isso aí pessoal, para quem gostou e estiver interessado em conhecer é só entrar contato. Em breve farei uma matéria completa sobre esse roteiro.

Fiquem com as fotos. Até mais!

Local para saltar na piscina natural
Cachoeira do Sapo com 40 metro (afluente do rio do Cedro)



2 comentários:

FUTEBOR VARZEANO disse...

Já ouvi falar muito dessa cachoeira de Cedro. Linda!!!
Tenho um amigo chamado Antonio Hildo, que no sítio dele no Faú, tem uma preciosidade parecida com essa. A 1ª turma do Curso de Turismo em Iguape, já fez uma trilha nas proximidades. Todos ficaram boquiabertos com a beleza natural.

Emerson Correia dos Reis disse...

Bom saber, é um roteiro que podemos conhecer e fazer um trabalho de estruturação nele. Comentarei com Adão pra marcarmos um dia pra fazer uma visita.